Sábado, 5 de Setembro de 2009

mas PORQUê ------------------peço desculpa

 

 

 

 

sinto-me: .................
música: ................
tags:
conteúdo da autoria de jabeiteslp às 15:57
link do post | comentar | favorito
|
25 comentários:
De Marta M a 5 de Setembro de 2009 às 23:05
Boa noite e obrigada pela visita, em primeiro. De seguida, apreciei da sua prosa/poema e a forma como comentou o que escrevi à luz de acontecimentos que se passaram aqui neste rectângulo a ocidente da Europa...Ninguém ficou imune, nem estará..
Essa é a questão.
Bom fim de semana
Marta M
De Paola a 6 de Setembro de 2009 às 13:15
Mordaz... Às vezes, faz bem à alma...

Beijo, amigo.

Aparece no Facebook, vá!
De blog-da-mariana a 6 de Setembro de 2009 às 13:34
Anda mau por esse lados, hunm?
Portimão?
beijinhos e bom domingo*
De deambulacoesdeumarapariga a 12 de Setembro de 2009 às 03:40
Interessante...
Fiquei curiosa quanto à alma do homem por trás do blog...
Transmitiu-se uma sensação de ter uma alma marcada pelas vicissitudes da vida, uma alma pesada (não pejorativamente falando, note-se) e algo solitária.
Estarei certa?
De jabeiteslp a 12 de Setembro de 2009 às 14:23
certissima
e muito muito mas muito mais ...
aventureira marca...

o melhor dos fins d semana pra ti


De deambulacoesdeumarapariga a 12 de Setembro de 2009 às 16:06
Mas porquê esse isolamento? Porquê isolarmo-nos de nós próprios? Seremos assim tão estranhos e feios por dentro que não conseguimos gostar de nós? Seremos tão incompreendidos quanto julgamos? Creio que não.
Acontece é que alguns criam uma personagem e uma história de si mesmos tão real, que acabam por viver nesse fingimento 24 sobre 24h, ignorando o seu eu verdadeiro. E são esses que nos fazem sentir diferentes e incompreendidos.
Mas serão essas pessoas, verdadeiras pessoas? Não! Ainda que os mais felizes sejam os mais ignorantes e desconhecedores da porcaria da realidade em que vivemos, nós, verdadeiros seres pensantes, não conseguimos alhear-nos . E depois? A vida é assim e nós somos hoje quem somos graças às adversidades que já enfrentamos e que sabemos que vamos continuar a enfrentar!
É fodido ? É!
E depois? Nascemos, vivemos, morremos! E na próxima reencarnação traremos alguma sabedoria acumulada para conseguir gozarmos mais os prazeres da vida e nos livrarmos desses sentimentos de culpa de tudo e mais alguma coisa e da porcaria da sensação de constante e eterna insatisfação! Posto isto, conheço-me, analiso-me objectivamente e gosto de mim! Gosto da vida! Das pessoas nem tanto! Prefiro os animais... Mas, nada é perfeito (também se fosse, seria uma chatice).
Olha, vou gostando e apreciando o que tenho...
Faz o mesmo! Esquece os "e se"; os arrependimentos, as mágoas, as ilusões e desilusões, as dolorosas saudades e sonha outro sonho para amanhã! Teremos sempre o amanhã! Mesmo depois da morte do corpo! A alma tem sempre um amanhã!
Bem, creio que depois disto, já deu para perceber porque o blog se chama "DeambulaçõesDeUmaRapariga "...
Se bem que começo a achar o termo "rapariga" inapropriado.
Hasta!
De jabeiteslp a 12 de Setembro de 2009 às 21:15

o que posso dizer-te
e a plenos pulmões
"como gostava de ter 20 anos"

acreditas que um passo da tua idade
é um passo dado da tua cidade ?

hoje ao circular numa rotunda da Covilhã
floreada em tons de flor por alegria
pensei
"quantos olham ao passar
o bonito de um sorriso em cores do arco iris
as flores ?

gosto desse teu olhar
próprio do tempo onde um segundo é amar...




De deambulacoesdeumarapariga a 17 de Setembro de 2009 às 23:15
Acabei de responder a um teu comentário no meu blog.
Quem disse que a minha perspectiva sobre a vida se deve a ter 20 anos? Não os tenho. Estou nessa década, mas não sei se ainda terei legitimidade para invocar a minha experiência "limitada" como justificativa da minha forma de pensar. Acho que não, infelizmente!
E por acaso encontraste uma pessoa, que como tu, pára para sentir e apreciar "o bonito de um sorriso em cores do arco iris". São as coisas simples que nos fazem não desesperar com as coisas sérias e sombrias.
Se bem que gostava de voltar a ter a leveza dos 17, onde um segundo era amar...
Escrevo de peito aberto. Escrevo usando as palavras como veículo de transmissão do sentimento. Nem sei se aprecio a subjectividade dos termos... Ossos do ofício!
Depois de uma semana de cão, que ainda não acabou e cujo fim não está à vista, consegui tranquilidade suficiente para escrever num blog.
Sabes, é que eu nem sequer aprecio os blogs... Ainda que, obviamente, lhes reconheça vantagens...
De jabeiteslp a 17 de Setembro de 2009 às 23:24

no minimo diz-me qu fazes...

e tenho a impressão
sofres ?
De deambulacoesdeumarapariga a 17 de Setembro de 2009 às 23:49
Não faço nada meu caro! Compro tudo feito ou faço com que os outros façam por mim!
Agora mais seriamente... Nestes últimos dias, posso dizer que tenho estudado/investigado os comportamentos humanos à luz de uma determinada ciência...
Mas o interesse de conversar num blog com um perfeito estranho, não é o mesmo do "one night stand"? Se nos pomos a falar de nós...
As conversas abstractas são difícieis de manter, mas são intelectualmente estimulantes... Digo eu, claro.
Se sofro? Claro! Só não sofre, quem não sente! E só não sente quem não vive!
Mas já aprendi a minimizar os efeitos do sofrimento e a ser capaz de apreciar as coisas boas, que jamais deixarão de ser boas...
E sabe bem ter umas crisezitas existenciais e passar umas noites em claro, a sentir o cheiro da noite e a apetecer desaparecer na escuridão...
De jabeiteslp a 18 de Setembro de 2009 às 18:06

muita frescura por aí
e a noite
é como dizes
só que é necessário tempo...

maldito tempo..

bfs
De deambulacoesdeumarapariga a 18 de Setembro de 2009 às 18:52
Tempo maldito?
Porquê?
De jabeiteslp a 18 de Setembro de 2009 às 20:36

a noitada começa às tantas da madrugada
que mais dizer ?

mudaram tudo...
De deambulacoesdeumarapariga a 18 de Setembro de 2009 às 20:52
A noitada começa às tantas da madrugada, quando o sono, o álcool e alguns psicotrópicos misturados nos reportam para uma realidade que parece não ser a nossa...
Como se o corpo não tivesse alma, estando esta a observar, como mera espectadora, a "desgraça" que vai cá em baixo... :)
Quando nos sentimos invadidos pela sensação que somos capazes de cometer as maiores loucuras, bastando para tal um sinal...
Noitada deveras perigosa!
De jabeiteslp a 18 de Setembro de 2009 às 21:15

gosto do perigo
mas tudo assim
mudado
emborcados copos de fim desencantado...

e ao entrar
desilude-se um momento num sono ....

já nem dançar de pode...

De deambulacoesdeumarapariga a 18 de Setembro de 2009 às 21:24
Estou a ver que temos boas perspectivas para esta noite...Esta e todas as outras...
Porquê a desilusão? Porquê criar expectativas para cada passo?
Quando não as temos, melhor sabem as surpresas. E se nada suceder, deitámo-nos, exaustos com a memória daquelas que foram inesquecíveis...
Serão os teus actuais pensamentos os meus futuros?
Perdeste a capacidade sonhar e sorrir e sentir aquela ansiedade gostosa do aproximar de um momento único?
Ou será que não te entregaste já a esses sentimentos e pronto!
Se não adiantares mais nada sobe ti, corro o sério risco de com o meu atrevimento fazer comentários que ferirão susceptibilidades...
No outro dia perguntei: Quem és tu?
Não me respondeste...
De jabeiteslp a 18 de Setembro de 2009 às 21:50

possivelmente um maldito no tempo...
De deambulacoesdeumarapariga a 18 de Setembro de 2009 às 21:54
Que horror!!!
Porque dizes semelhante coisa???
De jabeiteslp a 18 de Setembro de 2009 às 22:03

muito muito mas muito para uma visão
em forma de elucidar...
De deambulacoesdeumarapariga a 18 de Setembro de 2009 às 22:12
Ah, sim sim!!!
Fiquei completamente elucidada!
Parabéns pela forma expressiva e completa com que respondes a uma questão que podia ter mil e uma respostas... Muito bom mesmo! Notável!
Falta saber se não ME respondes ou se não TE respondes...

Não tenho sangue de barata...

Continuação
De jabeiteslp a 18 de Setembro de 2009 às 22:23

não posso responder-te
seria um livro
de mil e taç paginas...

fogo no sangue isso dim..
De deambulacoesdeumarapariga a 18 de Setembro de 2009 às 22:48
Como a última "frase" teve piada... desta passa!

Não quero saber como foi a tua vida. Nem como é! Não quero saber quem são as personangens que se movimentam no teu mundo... E acho que não quero ver nenhum dos teus filmes... Hihihihihihi
Perguntei, quem eras, hoje.
Perguntei porque eras tão "pesado".
Perguntei como uma bloguista te roubou o sorriso.

Respostas? 0
De jabeiteslp a 18 de Setembro de 2009 às 23:42

vou dormir
e sabes as respostas...

have a nice night...
De deambulacoesdeumarapariga a 18 de Setembro de 2009 às 23:51
Não respondes a provocações, não é?
Acho bem :)
Também queria ir dormir, mas a minha pesquisa vai manter-me acordada mais umas horas.
Pode ser que compense e tenha um sonho bom.
Tem um bom sonho tu também, para ver se a alma, amanhã acorda mais levezinha.
Aquela história de a alma ter 21 gramas, é mentira.
Queria dar-te um bocadinho da minha leveza...
Apesar de não te conhecer e de nem saber se mereces... Ia fazer-te bem!

De jabeiteslp a 19 de Setembro de 2009 às 10:37
pois pois....

Comentar post

.jabeiteslp

.Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Castelo de Belmonte

. As Cinzas que proliferam ...

. Ainda há Recantos que res...

. A Lua no seu esplendor

. Covilhã By night

. Sopa de Momentos

. Fumo e mais fumo...

. E das Cinzas

. Os Calhaus da Covilhã a a...

. Momentos de Verão

. Marear ventos de todos os...

. Baía Azul by Night

. Momentos de Fim de Semana

. Bailarico no Académico do...

. Festa das Papas 2017 na B...

.Videos

.Visitas desde 4-3-09

.arquivos

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009